Brasil Notícias

Covid-19, vacina é a ponta do iceberg

ITF faz apelo mundial em prol da população mais pobre

Sexta-feira, 14 de maio de 2021, estamos enfrentando o segundo ano da devastadora pandemia de Covid-19 que já matou mais de 3 milhões de pessoas no mundo e infectou mais de 160 milhões.

Embora a vacina seja uma realidade, estamos distantes de conquistar o controle da situação. Os problemas são muitos, desde a falta de vacina para os países em desenvolvimento até o surgimento de novas cepas dificultando o trabalho de entendimento da doença.

Contudo a burocrática questão das patentes dos insumos e equipamentos para tratamento e proteção que dificulta o acesso, principalmente à população mais pobre, vem se tornando a principal barreira na tentativa de controle da pandemia.

O problema se potencializa quando nos deparamos com o que acontece nos países em desenvolvimento, Índia e Brasil são exemplos mórbidos de como a falta de gestão estratégica no combate à pandemia alinhados à grande pobreza na população, formam uma combinação trágica que resulta em milhares de mortes.

A ITF (Federação Internacional dos trabalhadores em transportes) portanto faz um apelo aos governos dos países mais afetados para que apoiem o pedido que pede isenção emergencial de direitos e propriedade intelectual realizado pela Índia e África do Sul à Organização Mundial do Comércio.

O pedido foi realizado em outubro de 2020, entretanto, com o agravamento da pandemia em sua segunda onda, a necessidade se torna ainda mais emergencial e questão de saúde pública mundial.

Apenas o acesso à vacina e ao tratamento simultaneamente com o resto do mundo, será eficaz no combate e controle da pandemia, evitando a contínua disseminação do vírus, o surgimento de novas cepas e a perda de mais vidas.

Esta é uma medida que visa salvar vidas e o próprio setor da aviação, que foi um dos mais afetados desde o início da pandemia.

O SINDIGRU junto a outros sindicatos do setor e a mais de 100 países que já aprovam a causa, fortalece a luta a favor da aprovação e clama pelo apoio da categoria e de sindicatos de outros setores.

Apenas juntos seremos capazes de superar esta crise e de salvar milhares de vidas que ainda estão em jogo no mundo inteiro.

Adicionar Comentários

Clique aqui para publicar o seu comentário

Abrir o chat
Precisa de ajuda?