Notícias

Nota técnica – Vacinação prioritária

FENTAC faz nova solicitação para que profissionais das companhias sejam vacinados antes nos grupos prioritários

Em janeiro de 2021, a FENTAC, Federação Nacional dos Trabalhadores da Aviação Civil, cujo SINDIGRU é filiado, encaminhou ofício ao ministério da saúde solicitando a inserção de trabalhadoras e trabalhadores do setor aéreo nos grupos prioritários na Campanha Nacional de Vacinação.

A solicitação tem o objetivo de proteger toda a categoria da aviação civil que atua na linha de frente do transporte nacional e estão expostos à contaminação do vírus assim como manter em pleno funcionamento setor, levando em consideração sua importância para o dinâmica do transporte nacional, para que não seja interrompido a logística de distribuição de insumos e transporte de pessoas.

Nossa solicitação foi aprovada o grupo “trabalhadores do setor aéreo” foi inserida como grupo prioritário na campanha nacional da vacina no documento oficial do Ministério da Saúde publicado no mês de fevereiro, documento que pode ser conferido no final da nossa matéria.

Em março, foi solicitada a alteração do termo para ampliar a vacinação aos grupos alterando de “trabalhadores do setor aéreo” para “Funcionários brasileiros de companhias aéreas, aeroportos, e empresas de serviços auxiliares do transporte aéreo” visando contemplar todas as trabalhadoras e trabalhadores do setor.

Contudo, embora contemplados com nossa solicitação, nossa categoria está na 25ª colocação dentre os grupos prioritários, o que gerou nova solicitação no dia de hoje, 29 de março, por parte do Presidente da FENTAC, solicitando prioridade para nossa categoria, visto que, trabalhadoras e trabalhadores do setor estão constantemente expostos aos perigos e dada a importância do setor no combate à pandemia.

SINDICATOS LUTAM PELA VACINA PARA TODOS

É importante salientar que os sindicatos e a federação, lutam diariamente pela vacina já e para todos, e que a solicitação por inserção de nossa categoria nos grupos prioritários não foi por exclusivismo ou privilégio.

A pandemia teve seu crescimento acentuado devido aos processos de globalização cujo o setor de transporte aéreo tem papel protagonista. O vírus chegou ao país através da aviação civil, portanto trabalhadoras e trabalhadores do setor, estão diretamente expostos à este e outros perigos constantemente.

É papel dos sindicatos defender nossa categoria, contudo, frente ao negacionismo do governo e a irresponsabilidade com que o presidente lida com a pandemia, os sindicatos vêm ampliando nossa frente de atuação e mobilizando esforços para proteger a população como um todo.

É de nossa responsabilidade social defender nosso direito à vida, a segurança de nossas famílias e o direito ao trabalho digno, diante disso é de extrema importância defender vacina já e para todos, auxílio emergencial de R$ 600,00 e a saída do presidente.

Não fique só, fique sócio e vacinado.

Adicionar Comentários

Clique aqui para publicar o seu comentário

Abrir o chat
Precisa de ajuda?