Notícias

Categoria rejeita proposta SNEA

Em assembleia geral extraordinária realizada em três turnos com toda a categoria, trabalhadoras e trabalhadores rejeitam proposta ofertada pelo SNEA

O dia de hoje, 16 de novembro, foi marcado pela assembleia geral extraordinária de nossa Campanha Salarial realizada com toda a categoria, para votar a proposta realizada pelo SNEA, sindicato patronal que representa as empresas aéreas.

Ocorrida em três turnos, na manhã, tarde e noite desta terça-feira, todas trabalhadoras e trabalhadores votaram pela rejeição completa da proposta oferecida. Foram 235 aeroviárias e aeroviários votando pela não aceitação da proposta ofertada.

O índice de reajuste, era de 5% pelos primeiros 6 meses, em nosso Acordo, sendo acrescentado mais 2% após o período, totalizando 7% de reajuste. A oferta, não cobriria sequer o INPC acumulado do ano de 2021 e de longe atende a necessidade de reposição salarial de uma categoria que está há dois anos sem reajuste em sua data-base.

O reajuste ofertado pelas empresas desrespeita aeroviárias e aeroviários, categoria que é diretamente responsável pelo funcionamento do setor aéreo e que atuaram bravamente na linha de frente da pandemia nos últimos meses.

O valor ofertado também não condiz com a atual situação das empresas, que já vem apresentando lucros e atuando com praticamente com 100 % de ofertas de assentos e de voos.

A direção do SINDIGRU oficializará as empresas sobre o resultado de nossa assembleia e retomará as reuniões negociais aguardando uma oferta que atenda às nossas exigências.

Adicionar Comentários

Clique aqui para publicar o seu comentário

Abrir o chat
Precisa de ajuda?