Brasil Notícias

Correção do FGTS para categoria aeroviária?

Com o adiamento do processo feito pelo STF, direção do SINDIGRU decide entrar com Ação Coletiva. Categoria precisa aprovar

Muito tem se falado da revisão sobre valores depositados na conta FGTS dos trabalhadores e trabalhadoras. Foi anunciado o julgamento do processo pelo STF, que ocorreria em maio deste ano, contudo, houve adiamento sem data ainda marcada.

Ação Direta de Inconstitucionalidade

A Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI 5090) busca a correção do saldo. Não mais pela TR (Taxa Referencial), mas, sim, com base em índices em conformidade com a realidade.

Ou seja, o IPCA-E, Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo Especial ou o INPC, Índice Nacional de Preços ao Consumidor. Isso porque são eles as referências aptas para mensurar os impactos da inflação frente ao custo de vida das famílias brasileiras.

Garantia de Pagamentos?!

Se a decisão de correção for aprovada pelo STF, haverá a garantia do pagamento das diferenças em atraso de todos os valores depositados neste período. Independente de já terem sido sacadas, por exemplo para compra de casa própria ou, até mesmo, se o trabalhador tiver se aposentado.

Ação SINDIGRU

Assim, o SINDIGRU, visando interceder por mais este direito do trabalhador, não esperará pelo julgamento final, propondo agora a AÇÃO COLETIVA para todos os seus sócios.

Haverá assembleia virtual para deliberação e votação do tema. Estejam atentos nos nossos canais oficiais sobre datas e plataforma de votação.

ASSOCIE-SE

Trabalhadoras e trabalhadores: ações como esta dependem da mobilização de nossa direção, setor de comunicação e departamento jurídico forte e atual, um cenário que só é possível com a sua associação.

É você associado que permite um sindicato forte e combativo.

É graças a você que o SINDIGRU tem um papel fundamental na defesa dos trabalhadores, principalmente durante a pandemia, possibilitando a ampliação dos nossos canais de atuação e comunicação, assegurando que toda nossa categoria tenha seus direitos respeitados e acesso às informações.

Se você ainda não é associado, fortaleça a sua própria luta. Associe-se!

Adicionar Comentários

Clique aqui para publicar o seu comentário

Abrir o chat
Precisa de ajuda?