Notícias

Táxi Aéreo: Renovação da CCT vai a dissídio no TST

Com isso, greve da categoria está suspensa

Após divulgação do movimento grevista dos aeronautas e aeroviários trabalhadores das empresas de Táxi Aéreo, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) acolheu o pedido de dissídio coletivo de greve. Com isso, a paralisação prevista para esta segunda (31) e as que estavam previstas para os próximos dias ficam suspensas até que haja uma definição na Justiça.

A FENTAC e o Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) receberam uma notificação para audiência de conciliação e instrução já nesta terça-feira (1º), às 15h, na sede do TST, em Brasília.

O TST, representado por seu vice-presidente, ministro Ives Gandra Martins Filho, buscará a construção de um entendimento entre as partes, com a atuação do Poder Judiciário.

Se não houver esse entendimento, os termos de renovação da CCT da categoria serão decididos de acordo com o julgamento do ministro.

A FENTAC e o  SNA esperam que nesta audiência as empresas apresentem uma proposta que garanta direitos básicos, além da reposição inflacionária do período.

Redação Sindigru com Sindicato Nacional dos Aeronautas 

Adicionar Comentários

Clique aqui para publicar o seu comentário

Abrir o chat
Precisa de ajuda?