Notícias

Câmara aprova três folgas por ano para trabalhador fazer exame preventivo de câncer

Nova proposta segue para aprovação no Senado

A presidenta Dilma Rousseff sancionará nesta quarta (18), às 17h, no Palácio do Planalto, o Projeto de Lei nº 193/03, que garante adicional periculosidade para trabalhadores que usam a moto como instrumento de trabalho. O projeto inclui mototaxistas, motofretistas e profissionais que fazem ronda noturna, garantindo adicional de 30% sobre o salário.

 

A CUT, parte fundamental desta conquista, será representada na cerimônia de sanção por Carmen Foro, vice-presidenta nacional da Central, e Pedro da Silva Mourão, Presidente da Fenordest e representante da CUT na “Mesa de Negociação de Mototaxi, Motoboy e Motofrete”.

 

Fonte: CUT

 

Adicionar Comentários

Clique aqui para publicar o seu comentário

Abrir o chat
Precisa de ajuda?