Aeroviários da CUT encerram Campanha Salarial com vitórias

Uma das principais conquistas é a ampliação da licença-maternidade para 180 dias

Publicação: 04/06/2014
(Foto: Nathalia Santos/ Mídia Consulte) - Baixar Imagem

Após um longo período de negociações e protestos, os aeroviários da CUT encerram a Campanha Salarial com vitórias.  Na tarde desta quarta-feira (4), dirigentes do Sindicato dos Aeroviários de Guarulhos (SINDIGRU/CUT) , de Pernambuco (SINDAERO/PE/CUT) e do Sindicato Nacional dos Aeroviários (SNA/CUT)  assinaram a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) com a bancada patronal do Sindicato Nacional das Empresas Aéreas (SNEA). A CCT é válida pelo período de 1 ano, ou seja, terá a vigência de 1º de dezembro de 2013 até 30 de novembro de 2014. 

A data-base da categoria havia vencido em 1º de dezembro do ano passado e o impasse iniciou após as empresas aéreas se recusarem a avançar na melhoria dos direitos sociais da categoria. “Foi uma negociação muito difícil, que veio se arrastando por meses. Agora tivemos avanços como a licença-maternidade e a cesta básica. Pela categoria está contemplado, mas a luta continua”, afirmou o presidente do SNA/CUT, Luiz da Rocha Cardoso, Pará.

 Conquistas

O acordo fechado na terça-feira (3) – intermediado pela Procuradoria Regional do Trabalho, em Brasília  - assegurou avanços nos direitos sociais e econômicos dos aeroviários cutistas. “A negociação foi difícil, mas graças à nossa capacidade de organização e luta conquistamos o aumento da Licença Maternidade de 120 para 180 dias para as mulheres aeroviárias. As mães terão dois meses a mais para cuidar de seus filhos e isso melhorará muito a qualidade de vida da mãe e o desenvolvimento do bebê. Estamos felizes com esta grande conquista para as aeroviárias”, frisa o presidente do SINDIGRU/CUT, Orisson Melo.

A nova cláusula social entrará em vigor a partir de 1º de dezembro deste ano, no entanto, a aeroviária que estiver gestante e for ganhar o bebê após dezembro já pode comemorar a conquista deste importante direito. “ Essa é uma vitória muito importante e agora cabe às empresas agir de forma correta”, alerta o vice-presidente do SINDAERO/PE/CUT,  Erivaldo Pereira Dutra.

 Outro avanço refere-se ao valor do teto na cesta básica. O valor será de R$ 294,30 para todos que ganham até R$ 3.429,89 a partir de 1º de dezembro de 2014 e não terá nenhum desconto para os trabalhadores.

 “Essa é uma vitória dos sindicatos aeroviários cutistas que não esmoreceram em nenhum momento na hora de pleitear melhorias nas condições de trabalho e em defesa da mulher. Quem luta, amplia as conquistas. Para nós, a conquista da Licença Maternidade de 180 dias é histórica para a categoria aeroviária”, finaliza Orisson.

Cláusulas econômicas

O reajuste nos salários é de 5,6% que refere-se à inflação do período da data-base, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor--INPC do IBGE, acumulado do mês dezembro de 2012 a dezembro de 2013. A cesta básica teve reajuste de 5,6% com o fim das faixas salariais. O vale-refeição teve aumento de 8% e os pisos salariais 7%. A CCT é válida pelo período de 1 ano: 1º de dezembro de 2013 até 30 de novembro de 2014.

 

Viviane Barbosa com a colaboração de Vanessa Barboza da Redação da FENTAC/CUT

Comunicação do SINDIGRU/CUT

Jornalista Responsável: Viviane Barbosa Mtb-28121
Redatora: Vanessa Barboza Mtb-74572
Mídia Consulte: 55 + (11) –3136-0956 - 9+6948-7449
Redação: jornalismo@midiaconsulte.com.br


Últimas Notícias

Sindigru segue acompanhando todo o processo de recuperação judicial da Avianca

22/04/2019 - Destaque

“Estamos acompanhando tudo de perto todo. Não vamos aceitar prejuízos para os trabalhadores”, alerta o presidente do Sindicato, Rodrigo Maciel

Sindigru se reúne com LATAM e empresa tem postura intransigente com as demandas da categoria

22/04/2019 - Destaque

Reunião discutiu demissões no check-in e o adicional de periculosidade dos mecânicos

Sindigru participa de reunião do Coletivo Estadual de Mulheres da CUT/SP

16/04/2019 - Destaque

Atividade está debatendo os impactos da reforma da previdência para as mulheres

Sindigru participa da etapa estadual da 4ª Conferência de Formação da CUT

10/04/2019 - Destaque

A 4ª Conferência é política essencial da Central este ano, pois orientará as construções da luta de base e o congresso, que acontece em outubro

+

Campanha Salarial

Fotos

Paralisação no GRU Airport contra demissão arbitrária de dirigentes do Sintaag

Vídeos

Facebook