Sindigru realiza ato em defesa da paz e solidariedade aos trabalhadores do check-in no GRU Airport

O objetivo do protesto foi mostrar aos passageiros que não dá para confundir o funcionário com a empresa e reforçou que o Sindicato manifesta solidariedade e apoio aos trabalhadores

Por: Redação Sindigru - Publicação: 18/12/2018
Dirigentes fazem ato no GRU Airport - fotos: Sindicato - Baixar Imagem

Bandeiras brancas e uma faixa pedindo segurança e dignidade marcaram nesta terça-feira (18) o protesto do Sindicato dos Aeroviários de Guarulhos (Sindigru) em defesa dos funcionários do check-in das companhias aéreas no Aeroporto Internacional (GRU Airport), em São Paulo. 

O maior aeroporto em tráfego de passageiros e cargas tem sido palco de cenas estarrecedoras de violência e agressões envolvendo passageiros contra trabalhadores (as) do check-in. Em um intervalo de 15 dias, pelos menos três agressões de passageiros contra funcionários de check-in com consequências mais graves como internação hospitalar e demissão de um trabalhador. 

O objetivo do protesto foi mostrar aos passageiros que não dá para confundir o funcionário com a empresa e reforçou que o Sindigru manifesta solidariedade e apoio aos trabalhadores e trabalhadoras.

Eles também lembraram que condições de trabalho mais precárias como redução da equipe, terceirização de contratos e a própria estrutura aeroportuária e das companhias contribuem para situações em que os funcionários são expostos a agressões. 

Providências
O Sindigru cobrou uma posição contundente das empresas aéreas de apoio psicológico aos trabalhadores do check-in, que infelizmente são alvos constantes desses absurdos cometidos por passageiros. O Sindicato enviou ofício às companhias e à administradora do Aeroporto e à Polícia Militar local, pedindo para que ajam com maior rapidez e assim impedir esses episódios.

Carta aos passageiros
Sindigru divulga carta aos passageiros (as) do GRU Airport

“O Sindicato dos Aeroviários de Guarulhos (Sindigru), em nome dos  trabalhadores (as) do setor de check-in das empresas Latam, Gol, Azul,  Avianca e das demais companhias aéreas no GRU Airport, pede sua compreensão e apoio para combater e reduzir a onda de agressões/violência que os funcionários têm sido vítimas quase todos os dias nos  locais de trabalho por alguns passageiros.

Esses funcionários (as)  têm assegurado que todos tenham uma retaguarda operacional porque cuidam com dedicação do seu embarque e desembarque. 
Também efetuam o serviço de atendimento especial aos passageiros VIP (crianças, idosos, gestantes, pessoas com deficiência entre outros) e realizam a conferência das bagagens e documentos.
Os trabalhadores e trabalhadoras no check-in passam por treinamentos rigorosos e têm que cumprir regras das empresas aéreas, como por exemplo, obedecer aos critérios dos Manuais de Apresentação Pessoal.  
Muitos não sabem é que eles têm que seguir essas regras que destacam a exigência do padrão de maquiagem, cabelo/sobrancelha bem feitos e unha esmaltada. 
Se caso não cumprirem tais requisitos podem sofrer punições e até advertências. As empresas não custeiam essas exigências que são pagas pelos próprios trabalhadores (as).

O Sindigru e a Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil da CUT (FENTAC) sempre se posicionaram contra a essas exigências e têm cobrado das empresas que arquem com esses custos. Mas a resposta das companhias tem sido negativa, infelizmente. 
Os funcionários (as) têm muito orgulho do trabalho que desenvolvem na aviação civil no Aeroporto Internacional de São Paulo que garante a todos uma viagem tranquila, segura e confortável e, portanto, não são  culpados por eventuais atrasos ou cancelamentos de voos.

O Sindigru e os trabalhadores repudiam todas as formas de violência e acreditam que nenhum de vocês gostariam de receber uma notícia de que um filho (a) ou qualquer pessoa de seu círculo de amizades/familiar fosse agredido ou intimidado de forma covarde no ambiente de trabalho.

Mais uma vez, contamos com o apoio de todos passageiros e saibam que os trabalhadores do check-in estão do seu lado, para ajudá-lo sempre em todos os momentos do embarque/desembarque e desta forma lhe assegurar um voo seguro e tranquilo”.

Sindicato dos Aeroviários de Guarulhos
Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil da CUT

Comunicação do SINDIGRU/CUT

Jornalista Responsável: Viviane Barbosa Mtb-28121
Redatora: Vanessa Barboza Mtb-74572
Mídia Consulte: 55 + (11) –3136-0956 - 9+6948-7449
Redação: jornalismo@midiaconsulte.com.br


Últimas Notícias

Sindigru se reúne com GRU Airport para cobrar esclarecimentos sobre fechamento do acesso de pedestres na ponte do Rio Baquirivu

10/01/2019 - Destaque

A concessionária do aeroporto afirmou que não será fechado o acesso, mas serão realizadas obras de melhorias

Sindigru se reúne com Latam em caráter de urgência para tratar sobre segurança de voo e do trabalho

27/12/2018 - Destaque

O Sindicato denunciou à companhia as práticas da Orbital e cobrou um posicionamento

20 de dezembro: Sindigru parabeniza mecânicos de aeronaves!

20/12/2018 - Publicações Antigas

Estima-se que no Brasil têm 12.000 mecânicos de aeronave

Sindigru realiza ato em defesa da paz e solidariedade aos trabalhadores do check-in no GRU Airport

18/12/2018 - Destaque

O objetivo do protesto foi mostrar aos passageiros que não dá para confundir o funcionário com a empresa e reforçou que o Sindicato manifesta solidariedade e apoio aos trabalhadores

+

Convênios

Campanha Salarial

Fotos

Paralisação no GRU Airport contra demissão arbitrária de dirigentes do Sintaag

Vídeos

Facebook