Mulheres sindicalistas denunciam casos de assédio psicológico da Ethiopian Airlines no Aeroporto

Em reunião, realizada na sede do Sindigru, empresa se comprometeu em averiguar os casos e dará um retorno

Por: Viviane Barbosa, Redação Sindigru - Publicação: 18/09/2018
Direção do Sindigru, do Sina e da CNTTL em reunião com a empresa no Sindicato - foto: Sindicato - Baixar Imagem

Com a finalidade de apurar e exigir providências a respeito de casos de assédio psicológico envolvendo trabalhadoras e trabalhadores da empresa aérea Ethiopian Airlines no Aeroporto (GRU Airport), um grupo de mulheres sindicalistas (foto-abaixo) realizou nesta terça-feira (18) uma reunião, na sede do Sindicato dos Aeroviários de Guarulhos.

Durante o encontro, que reuniu também representantes da empresa, as sindicalistas dos setores aeroviário, aeroportuário e dos condutores e o Sindigru oficializaram as reclamações à companhia, que se comprometeu em averiguar os casos e em breve dará um retorno. Essa reunião foi convocada pelo Sindicato após receber  as denúncias das trabalhadoras.

“A violência e o assédio seja moral ou sexual afetam seriamente a vida das mulheres no local de trabalho, por isso, é importante combater e denunciar. Esperamos que a empresa combata esses abusos”, destaca a Débora Cavalcanti, Secretária Geral do Sindigru e conselheira municipal de políticas para mulheres da cidade de Guarulhos.

Experiência pioneira 
Lutar por ambientes de trabalho seguros e combater todos os tipos de violência são   bandeiras permanentes do Sindigru e também dos sindicatos dos aeroportuários, aeronautas e aeroviários filiados à Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil da CUT (FENTAC).

Em maio deste ano (nos dias 7, 8 e 9), em Guarulhos, as trabalhadoras da aviação civil participaram do “Treinamento de Defensoras das Mulheres”, realizado pela ITF (Federação Internacional dos Trabalhadores em Transportes), através de uma iniciativa do Sindicato Nacional dos Aeroportuários (Sina), com apoio Federação. 

O balanço do Treinamento da ITF foi considerado muito produtivo, reuniu 35 mulheres sindicalistas do setor aéreo (aeroportuárias, aeroviárias e aeronauta) de várias regiões do país. 

“O setor aéreo foi o primeiro, em virtude de uma moção que aprovamos no Congresso das Mulheres em Transportes da ITF em Marrakesh, no Marrocos. Denunciamos a violência no trabalho sofrida por uma aeroviária da empresa aérea Azul, que sofreu discriminação de um passageiro. Junto com a ITF vamos estender esse Treinamento para todas as trabalhadoras em transportes dos modais rodoviário, portuário, metro-ferroviário, cargas e viário em todo o país”, conta Mara Meiry, dirigente do Sina, Secretária das Mulheres da CNTTL e  coordenadora do projeto no Brasil pela ITF.


Reunião no Sindigru

A reunião no Sindigru contou com a presença do presidente do Sindicato, Rodrigo Maciel, do diretor Jurídico e de Políticas Sindicais, José de Assis Pereira, da advogada Adriana Ribeiro e das dirigentes: Débora Cavalcanti, Secretária Geral do Sindigru e conselheira municipal de políticas para mulheres da cidade de Guarulhos; Tatiane Ribeiro, diretora do Sindicato; Maria Luiza Piaba da Silva - diretora da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes e Logística (CNTTL), Priscila Ladario, diretora do Sina e Inês Choueri, promotora legal popular e também conselheira de política municipal para mulheres.


Sindicalistas que participaram da reunião no Sindigru - foto: Sindicato 

Comunicação do SINDIGRU/CUT

Jornalista Responsável: Viviane Barbosa Mtb-28121
Redatora: Vanessa Barboza Mtb-74572
Mídia Consulte: 55 + (11) –3136-0956 - 9+6948-7449
Redação: jornalismo@midiaconsulte.com.br


Últimas Notícias

Trabalhadores lotam Praça da Sé em defesa da aposentadoria e Previdência Social

20/02/2019 - Destaque

Mobilização reuniu cerca de 10 mil pessoas no centro da capital paulista

Ato em defesa da Aposentadoria e da Previdência Social será nesta quarta-feira (20)

18/02/2019 - Destaque

As propostas sinalizadas pela equipe econômica do governo Bolsonaro acabam com o direito à aposentadoria de milhões de brasileiros e brasileiras

Aeroviários na Avianca Guarulhos repudiam proposta de parcelamento de verbas rescisórias

07/02/2019 - Destaque

O Sindigru informou sobre o processo de recuperação judicial pelo qual passa a empresa desde dezembro e sobre a criação de um canal de comunicação

Sindigru se reúne com Avianca e companhia garante que não haverá demissões em massa de aeroviários em Guarulhos

01/02/2019 - Destaque

Assembleias com os trabalhadores na empresa acontecem no dia 5 de fevereiro, 10h e 12h e na parte da tarde,  16h e 18h, em frente à sala do Sindicato

+

Campanha Salarial

Fotos

Paralisação no GRU Airport contra demissão arbitrária de dirigentes do Sintaag

Vídeos

Facebook