Aeroviários de Guarulhos aprovam proposta com ganho real nos salários e manutenção dos direitos

A assinatura das Convenção Coletiva de Trabalho acontecerá nos próximos dias. O INPC da data-base 1º de dezembro será divulgado no dia 8 de dezembro

Por: Viviane Barbosa, Redação Sindigru - Publicação: 26/11/2017

Os aeroviários  de Guarulhos aprovaram em assembleias itinerantes realizadas no GRU Airport, no dia 24 de novembro, a proposta negociada pela FENTAC (Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil da CUT)  e sindicatos filiados com o SNEA (Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias), na quinta rodada do dia (21), para renovação da Convenção Coletiva de Trabalho 2017-2018.

Os trabalhadores em solo aprovaram o reajuste nas cláusulas econômicas (salários, pisos, vale alimentação e refeição, diárias, seguro, etc.) que engloba a reposição integral do INPC-IBGE previsto para data-base, 1º de dezembro, e mais aumento real de 0,5% (meio por cento).  Dentre as mais de vinte cláusulas em debate, cerca de dez tinham caráter econômico e outras treze abordavam aspectos sociais. 

"Diante dos sucessivos ataques aos nossos direitos e retrocessos sociais, com a nova Lei Trabalhista, essa contra proposta, que garante a nossa data-base, o ganho real no salário, pisos e benefícios e a manutenção dos nossos direitos, significa um importante avanço para a categoria aeroviária", destaca Direção do Sindigru.

Uma informação importante é que em 2017 a média dos ganhos reais conquistados pelas 326 negociações acompanhadas pelo Dieese entre janeiro e setembro de 2017 foi de 0,35%, portanto, os 0,5% se mostra um ganho real superior a média nacional. 

Também aprovaram essa proposta os sindicatos aeroviários filiados de Recife, Porto Alegre e o Nacional de Aeroviários.

Negociação difícil 

Foram realizadas cinco rodadas de negociação com as empresas aéreas empresas aéreas, e essa última da proposta com ganho real foi construída após um intenso e longo debate entre a FENTAC, os sindicatos filiados e as empresas aéreas. 

Nas quatro primeiras rodadas, as empresas manifestaram o interesse em alterar as normas de regulação de trabalho em temas como jornada de trabalho, formas de contratação e rescisão/homologação de trabalho, negociação sindical e auxílios já conquistados pela categoria. Além de terem proposto apenas a reposição da inflação sem ganho real e retirada de direitos.

Defesa intransigente 

Mais uma vez a FENTAC e os sindicatos filiados fizeram a defesa intransigente dos direitos históricos dos trabalhadores da aviação previstos na atual Convenção e seguiram firme na luta pelo ganho real. Os aeroviários deram resposta nas  assembleias ao rejeitarem qualquer tipo de retrocesso. 

Assinatura da CCT
A FENTAC e os sindicatos dos aeroviários e aeronautas devem assinar as Convenções Coletivas de Trabalho nos próximos dias. O INPC-IBGE, da data-base da categoria 1º de dezembro, será divulgado no dia 8 de dezembro. 

Comunicação do SINDIGRU/CUT

Jornalista Responsável: Viviane Barbosa Mtb-28121
Redatora: Vanessa Barboza Mtb-74572
Mídia Consulte: 55 + (11) –3136-0956 - 9+6948-7449
Redação: jornalismo@midiaconsulte.com.br


Últimas Notícias

Sindigru participa de treinamento internacional "Defensoras das mulheres" para dirigentes do setor aéreo

09/05/2018 - Destaque

Ação foi promovida pelo Sina e a ITF. É a primeira vez que esse programa é ministrado no Brasil

1ª Copa dos Trabalhadores Aeroviários - Guarulhos de 2018

30/04/2018 - Destaque

Inscrições a partir do dia 30 de abril

Sindigru fecha nova parceria de lazer para os sócios (as)

27/04/2018 - Conexão

Club Férias tem opções para toda família em diversas cidades

Sindigru lamenta falecimento de aeroviários de Porto Alegre

27/04/2018 - Conexão

Eduardo Braga foi vítima de um infarto fulminante na quinta-feira (26). Enterro acontece nesta sexta (27) em Canoas

+

Convênios

Campanha Salarial

Fotos

Paralisação no GRU Airport contra demissão arbitrária de dirigentes do Sintaag

Vídeos

Facebook