Em curso sobre CCT, Sindigru quer revogação da Lei Trabalhista e reforça combate à precarização

Durante dois dias, os dirigentes debateram com profundidade os mais de 55 direitos conquistados com muita luta

Por: Viviane Barbosa, Redação Sindigru - Publicação: 01/08/2017
Foto: Sindicato - Baixar Imagem

Com a finalidade de fortalecer a defesa dos direitos da categoria, o Sindicato dos Aeroviários de Guarulhos (Sindigru) realizou, nos dias 27 e 28 de julho, um curso sobre a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) e a Reforma Trabalhista. 

O Curso foi ministrado pela advogada do Sindigru, Dra Adriana Ribeiro e aconteceu na sede da entidade, em Guarulhos.

Durante dois dias, os dirigentes debateram com profundidade os mais de 55 direitos conquistados com muita luta na CCT, as dificuldades das reuniões bimestrais com o Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (SNEA), que após três encontros não se posicionou sobre a pauta dos trabalhadores aeroviários, e a Reforma Trabalhista, sancionada por Temer, que entrará em vigor em 11 de novembro.

Na avaliação do Sindigru, a Reforma Trabalhista é na verdade uma “Antirreforma” além de perversa, não vai modernizar como dizem seus defensores a CLT, ao contrário representa um retrocesso e desmonte da legislação trabalhista. Na prática as mudanças em mais de 200 artigos representam a volta da escravidão em pleno século 21.

Essa  antirreforma trabalhista também viabilizará às empresas negociarem sem os sindicatos, sem a garantia da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) como base e a Justiça do Trabalho ficará mais cara.

Enfrentamento e luta pela revogação da nova Lei 

Os dirigentes avaliaram que o Curso foi muito positivo, principalmente, neste momento que se  aproxima da data-base da categoria (1º dezembro), por isso,  é fundamental ter todo conhecimento para fazer o enfrentamento e a defesa dos direitos.

“A ideia é preparar a direção para atuar de forma combativa e com propriedade para responder aos ataques que estão em curso com essa Antirreforma e os empresários do setor aéreo não pouparão esforços para tirar proveito dessa situação e tentar acabar com conquistas históricas dos aeroviários”, reforça o Sindigru. 

No final do Curso, os dirigentes definiram que levarão esses conhecimentos para os locais de trabalho no Aeroporto Internacional de Guarulhos e conscientizarão os trabalhadores sobre os riscos da precarização e do desmonte de direitos.  Também farão um alerta aos trabalhadores para que se unam, lutem e participem das ações convocadas pelo Sindigru em defesa dos direitos e da revogação da nova lei trabalhista.

Comunicação do SINDIGRU/CUT

Jornalista Responsável: Viviane Barbosa Mtb-28121
Redatora: Vanessa Barboza Mtb-74572
Mídia Consulte: 55 + (11) –3136-0956 - 9+6948-7449
Redação: jornalismo@midiaconsulte.com.br


Últimas Notícias

FENTAC manifesta preocupação com proposta do SNEA de alterar NR-16 que classifica operações de risco à vida

15/06/2018 - Destaque

As empresas apresentaram uma pesquisa do IPT que trata sobre as operações de risco de incêndio no abastecimento de aeronaves

Com inflação menor, defesa dos direitos sociais ganha peso em negociações

13/06/2018 - Linha Rápida

Dieese aponta ambiente desfavorável e de incertezas. No ano passado, 63% das campanhas pesquisadas tiveram aumento real de salário. Leve melhora, mas distante do período 2006-2014

Sindicato amplia horário de atendimento do Departamento Jurídico

08/06/2018 - Destaque

Os trabalhadores poderão agendar com a Dra Adriana, advogada do Sindicato, toda última segunda-feira do mês, na sala do Sindicato no Aeroporto de Guarulhos, das 18h às 21h

+

Convênios

Campanha Salarial

Fotos

Paralisação no GRU Airport contra demissão arbitrária de dirigentes do Sintaag

Vídeos

Facebook