Guarulhos: Sindicalistas compartilham experiências de enfrentamento às práticas antissindicais da Avianca/TACA na América Latina e Brasil

1º Encontro Internacional dos trabalhadores da Avianca/TACA reuniu dirigentes do Brasil, Peru, Colômbia, Equador e Argentina, na sede do Sindigru

Por: Viviane Barbosa, Redação Sindigru - Publicação: 16/05/2017
Foto: Valdir Lopes/Mídia Consulte - Baixar Imagem

O  avanço das políticas neoliberais nos países da América Latina e, principalmente no Brasil, tem exigido do movimento sindical um papel mais ousado e criativo.

Atentos a essa realidade, dirigentes sindicais do Peru, Colômbia, Equador, Argentina e Brasil realizaram na segunda (16) um  Encontro Internacional dos trabalhadores da Avianca/TACA – a  holding colombiana de aviação, que vem crescendo no mercado brasileiro nos últimos anos e está entre as quatro maiores empresas do setor.

 O evento foi promovido pela ITF (Federação Internacional dos Trabalhadores em Transportes) e aconteceu pela primeira vez no Brasil,  na sede do Sindicato dos Aeroviários de Guarulhos (Sindigru), em Guarulhos, na grande São Paulo. O Secretário da Seção de Aviação Civil da ITF de Londres, Gabriel Mocho Rodríguez, fez uma saudação de abertura aos participantes, salientando a importância da unidade de todos os sindicatos da América Latina neste momento de ataques aos direitos da classe trabalhadora,

Na reunião, os dirigentes compartilharam  experiências de luta e resistência contra as práticas- antissindicais da Avianca em suas bases.  Em todas as rotas em que a companhia opera, eles denunciaram graves desrespeitos aos direitos dos trabalhadores. No Brasil, por exemplo, há relatos de dupla função em alguns aeroportos, além da rotatividade no emprego.

Outros problemas relatados pelos dirigentes da América Latina são o não cumprimento das Convenções/Acordos Coletivos de Trabalho, o não reconhecimento do sindicato nas negociações da Campanha Salarial, além do aumento das terceirizações.

Criatividade

Mas a boa notícia é que os sindicatos de trabalhadores com muito empenho  estão conseguindo mudar essa realidade. Uma das experiências positivas elogiada pelos latino-americanos foi a do Sindicato dos Aeroviários de Guarulhos (Sindigru), no Aeroporto Internacional de São Paulo.

O presidente do Sindicato, Rodrigo Maciel, e o diretor Orisson Melo falaram que a relação sindical com a Avianca em GRU era muito difícil. "A prática antissindical era terrível. Existia uma cultura do medo. A gente não conseguia abordar o trabalhador para se sindicalizar, porque ele tinha medo. Graças à nossa ação, mudamos esse cenário. Elegemos um dirigente sindical na empresa, que é o companheiro Madison, que é agente de despacho, e resgatamos a relação de confiança", relembra Maciel.

O sindicalista conta que no último ano, de abril de 2016  a abril deste ano, o crescimento das filiações dos trabalhadores da Avianca ao Sindigru aumentou 22,6%, um dado bastante expressivo.  

Orisson disse que hoje as relações com a empresa melhoraram e atribuiu esse resultado à  "criatividade" e à "insistência". 

"Realizamos o ‘café Sindigru’. Nesta ação participamos dos brieffings nas empresas onde se concentram os trabalhadores em todos os turnos. Falamos sobre a importância da sindicalização e entregamos o nosso Guia de Convênios. Uma vez uma trabalhadora da Avianca me perguntou: Nossa você aqui novamente (risos). O check-in é o setor mais difícil, mas temos que vencer pelo cansaço e usar sempre a criatividade", conta.

 Nas bases de aeroviários da FENTAC, as filiações à Avianca vêm aumentando, conforme apontam os sindicatos. Em Recife, do total de 130 trabalhadores no Aeroporto Gilberto Freyre cerca de 50% são filiados; em Porto Alegre, 11 do total de 30 que trabalham no Aeroporto Salgado Filho também são e na base do Nacional de Aeroviários são aproximadamente 105 de um total de 400.

Madison, delegado sindical na Avianca - Foto: Valdir Lopes/Mídia Consulte

Atuar em conjunto
A presidente da Associação Colombiana de Auxiliares de Voo (ACAV) e diretora do Sindicato Nacional da Indústria do Transporte Aéreo (Sinditrar) na Colômbia, Cristina Cadavid, disse que o caminho para barrar as práticas antissindicais da Avianca é a atuação em conjunto. 

"Temos que continuar aumentando as sindicalizações nos nossos países e nos unir na América Latina para que a empresa veja", conta.
 
Na Colômbia, a ACAV  triplicou as filiações de comissários de voo na base, passando no último ano de 300 para 1100 novos associados. Resultado obtido graças à maior representação dentro da base e em cada setor. Isso mostra que os sindicalistas estão ouvindo de forma mais inteligente os trabalhadores em cada segmento.
 
Dina Feller, coordenadora da  Rede Sindical Latam Network-ITF, elogiou as ações criativas dos sindicatos e destacou que a maior de participação das mulheres e uma cultura mais democrática de discussão são fatores que ajudam a crescer as filiações. "A melhor forma é crescendo e os sindicatos dão ótimo exemplo ao praticar essa política de portas abertas", conta.

 Já no Chile, um desafio muito grande é sindicalizar os terceirizados.

Cristina Cadavid, presidente da ACAV e diretora do Sinditrar na Colômbia. Foto: Valdir Lopes/Mídia Consulte

Sindicatos precisam sempre se reinventar 

Para o presidente da FENTAC, Sergio Dias, o sindicalismo não pode ficar na zona de conforto e precisa  se reinventar, para barrar esses retrocessos contra os direitos da classe trabalhadora na América Latina e no Brasil, que foram conquistados com luta árdua.

“Os sindicatos precisam buscar alternativas para combater as práticas antissindicais e  enfrentar os  governos ultraliberais na região. Diante disso, poderemos combater os retrocessos impostos, principalmente na esfera trabalhista, defendendo os direitos dos trabalhadores", alerta Dias.
 

Comunicação do SINDIGRU/CUT

Jornalista Responsável: Viviane Barbosa Mtb-28121
Redatora: Vanessa Barboza Mtb-74572
Mídia Consulte: 55 + (11) –3101-1912 - 9+6948-7449
Redação: jornalismo@midiaconsulte.com.br


Últimas Notícias

Sindigru fecha nova parceria com Espaço da Ida

21/06/2017 - Linha Rápida

Novidade é exclusiva para sócios

Vitória do Sindigru! PM anuncia que vai reforçar policiamento nos arredores do Aeroporto

21/06/2017 - Destaque

Também participaram dessa reunião companheiros do Sindicato Nacional dos Aeroportuários (Sina) e da comunidade guarulhense

Campanha do MPT alerta sobre os retrocessos da Reforma Trabalhista

19/06/2017 - Conexão

Proposta tramita no Senado como PLC 38 e será avaliada na CCJ nesta quarta-feira (21)

+

Convênios

Campanha Salarial

Fotos

Festa do Dia do Aeroviário 2016

Vídeos

Facebook