#Voo Seguro: Sindigru alerta passageiros com informativo “Cuidado! Seu Voo Corre Risco”

Ação aconteceu nos aeroportos, Santos Dumont, Galeão, Recife, Salvador, Brasília, Porto Alegre, Porto Velho, Florianópolis, Belém, Fortaleza, entre outros terminais do país

Por: Redação Sindigru - Publicação: 20/04/2017
Aeroviários durante ação no GRU Airport (Foto: Sindigru) - Baixar Imagem

Dirigentes dos Sindicato dos Aeroviários de Guarulhos entregaram na quarta-feira (19) aos passageiros  o informativo “Cuidado! Seu Voo Corre Risco”, elaborado pela Frente Nacional para Manutenção da  Aviação Segura (FNMAS).  A ação também aconteceu nos aeroportos de Viracopos, Santos Dumont, Galeão, Recife, Salvador, Brasília, Porto Alegre, Porto Velho, Florianópolis,  Belém, Fortaleza, entre outros terminais do país. 

O material visa conscientizar os passageiros sobre a importância da função do mecânico de pista na inspeção das aeronaves. Segundo dados da ABMMA, a política de precarização da mão de obra dos mecânicos profissionais  tem sido severa. Só em 2015, mais de 3.500 profissionais foram demitidos e não conseguem retornar ao mercado de trabalho devido à política de redução de custos com o setor de  manutenção praticada pelas empresas aéreas. Estima-se que no Brasil têm 12.000 mecânicos de aeronave, segundo a Associação.

De acordo com denúncia da FENTAC,  algumas empresas aéreas brasileiras estão sobrecarregando os profissionais 'orange cap' (boné laranja, em inglês), 'blue cap' (boné azul) e o DOT (Despachante Operacional Terrestre) que atuam na pista acompanhando a colocação das bagagens e o serviço de rampa para fazer outras funções pertinentes aos mecânicos de pátio de hangar e oficinas. Isso é um absurdo porque esses profissionais já estão assumindo responsabilidades a mais do que já têm e não possuem a qualificação técnica exigida para a função de mecânico. Há relatos também que o próprio piloto ou o copiloto estão fazendo essa inspeção.

Essa medida, utilizada para reduzir custos, tem sido adotada no dia a dia pelas empresas com anuência da Agência Nacional da Aviação Civil (ANAC). Elas justificam que as aeronaves não precisam do mecânico de pista porque são “modernas” e que não há exigência de um profissional para a tarefa de inspeção.

Para a FENTAC e os sindicatos filiados, essa prática é  extremamente grave porque pode acarretar consequências desastrosas e colocar em risco a vida e a integridade de milhões de passageiros que voam nos aviões das companhias.

Apoio

A publicação é uma iniciativa da Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil da CUT (FENTAC) em conjunto com os Sindicatos  dos Aeroviários de Guarulhos, Campinas, Pernambuco, Porto Alegre e o Nacional dos Aeroviários.

Também apoiam a iniciativa a Federação Nacional dos Trabalhadores em Transportes Aéreos da Força Sindical (FNTTA), a Associação Brasileira de  Mecânicos de Manutenção de Aeronaves (ABMMA), o Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA), a Federação Internacional dos Trabalhadores em Transportes (ITF) e a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transporte e Logística da CUT (CNTTL).


Saiba mais:
https://issuu.com/fentac/docs/cartilha_mecanicos_-_seu_voo_corre_

Abaixo-Assinado

Dirigentes estão coletando assinaturas dos passageiros nos principais aeroportos do país. No material há também um QR Code e um link do Avaaz para assinar o abaixo assinado em defesa da profissão do mecânico de pista na internet. 

https://secure.avaaz.org/po/petition/Agencia_Nacional_de_Aviacao_Civil_Adote_uma_norma_mais_rigida_para_a_inspecao_das_aeronaves/

Comunicação do SINDIGRU/CUT

Jornalista Responsável: Viviane Barbosa Mtb-28121
Redatora: Vanessa Barboza Mtb-74572
Mídia Consulte: 55 + (11) –3101-1912 - 9+6948-7449
Redação: jornalismo@midiaconsulte.com.br


Últimas Notícias

Sindigru participa da 15ª Plenária Estatutária da CUT/SP

24/07/2017 - Destaque

A atividade teve ricos debates democráticos sobre os desafios da Central diante dos ataques à classe trabalhadora como a Reforma Trabalhista

Mulheres negras e indígenas saem às ruas contra a violência nesta terça-feira

24/07/2017 -

Marcha das Mulheres Negras em São Paulo denuncia o racismo e a violência que vem se agravando com as reformas "genocidas" do governo Temer e as ações higienistas de Doria

Segurança no Aeroporto Já: GRU Airport não explica razões e mantém Ponte do Baquirivu fechada

21/07/2017 - Destaque

Dirigentes do Sindigru, Sintaag e Sina e o deputado Alencar Santana (PT/GRU) questionaram em reunião que a interdição tem aumentado os índices de criminalidade e violência no local

Sindigru e FENTAC negociam com empresas aéreas melhorias em cláusulas das Convenções Coletivas de Trabalho

20/07/2017 - Destaque

Caso sejam acordadas entre as partes transformam-se em cláusulas (direitos) que passam a valer nas CCTs  

+

Convênios

Campanha Salarial

Fotos

Festa do Dia do Aeroviário 2016

Vídeos

Facebook